segunda-feira, 15 de março de 2010

SONHOS DE UMA TEORIA FINAL

Existem limites sim, inclusive para a ciência.
Sonhos de uma teoria final livro escrito por Steven Weinberg ganhador do premio Nobel de fisica em 1992. No livro Steven cita que todas as manifestações do mundo podem ser expressadas através de leis que determinam quantidade e essas leis são derivadas de uma teoria que explica tudo o que existe,a Teoria Final.
Por mais que pareça, essa teoria não é nada nova, na verdade ela chega a ser mais velha que a ciência e até mesmo a filosofia. Existem religiões até mesmo aquelas não são moteítas acreditam que Deus criou o mundo e tudo o que existe nele, conseguentemente tudo tem a mesma origem. Essas ideias influenciou muitos filósofos da Grécia antiga. Tales o primeiro deles , disse que tudo no mundo é formado por um único tipo de matéria, ele dizia que tudo o que existe é formado de água.
Essa teoria que diz que a diversidade entre as coisas é apenas ilusão e que só exite uma unidade fundamental que nesse caso é a água, é um “campo unificado”, que na física se refere ao seu componente principal que são chamadas de partículas elementares, como os integrantes dos prótons e dos nêutrons.
Será que podemos realmente chegar a uma teoria final? Suas propriedades fazem sentido? A única coisa que é certa é que as partículas e suas forças hoje em dia está no modelo padrão, ou seja exitem 12 tipos de partículas e quatro forças entre eles: a gravidade, as forças nucleares forte e fraca e o eletromagnetismo.
Uma teoria unificada da matéria demonstra que todas essas matérias a manifestação de uma só, que só iria aparecer em altas energias, ela é muito alem do que se pode ser testado hoje em dia.Por que será?
Porque nenhum instrumento de observação é capaz de medir essa teoria, mesmo que os instrumentos avancem tecnologicamente a precisão jamais será perfeita.
Uma teoria final seria um conhecimento único, o que imposivel.
O meu ponto de vista é , existe um limite para tudo inclusive para a ciência, não é só porque a ciência não conseguiu atingir o conhecimento completo que se dever desistir de pesquisar, mas vamos ver até onde tudo isso vai chegar, iafinal de contas se não fosse pela insistencia da ciência nenhuma doença conseguiria ser evitada.
Existe muitas coisas para serem provadas.

-Texto postado pela aluna CAROLINE OLIVEIRA, no dia 15/03 ás 19:56, Com base total no texto feito por Marcelo Gleiser cujo link em que se encontra o texto original é:

http://marcelogleiser.blogspot.com/2010/02/sonhos-de-uma-teoria-final.html

Postado por ele em 27 de fevereiro de 2010, sábado.

segunda-feira, 8 de março de 2010

ANJOS E DEMÔNIOS DA CIÊNCIA.


No filme,os cientistas são inocentes e os cardeais são sábios.

Anjos e Demônios,romance de Dan Bronw.
O filme é baseado num complô para destruir a igreja católica ás vésperas de um conclave que vai eleger um novo papa. Uma nova arma devastadora extremamente poderosa é escondida secretamente na básilica de São Pedro,que situa-se no Vaticano,com uma capacidade enorme de explodir,Robert Langdon um professor especialista em simbologia é chamado ás pressas para analisar uma situação e desvendar algo incomum e misterioso.

Essa bomba é feita de uma amostra de antimáteria elaborada pelos cientistas do Cern (o centro de físicas e partículas).
Vitoria Vectra e um padre físico iniciam esse projecto no templo da ciência, eles preparam-se para accionar a maior máquina jamais vista na história com a intenção de isolar um pouco de antimáteira.

O ponto é que a máteria de partículas como eletrons e quarks,não pode ser tocada pela sua antimatéria,pois as mesmas não são compatíveis e quando se chocam simplesmente se transformam em raios gama que é simplesmente uma radiação eletromagnética de grande energia.

Essa bomba de forte ameaça sobre o Vaticano é feita de antimáteria,e foi roubada do Cern. Dá-se a entender que a principal intenção deles é tentar recriar o Big Bang,o momento da criação,Transformando mistério em ciência. O Padre tem a intenção de provar que Deus existe e os cientistas que a ciência explica ate mesmo o mistério que é a criação sem que haja interferências sobre naturais.A religião está nas mãos da ciência!

Notasse bastante a aproximação entre o conflito entre ciência e religião.

A maior impressão que nos passa é a que os cientistas são inocentes e sapiência nos cardeais, deixando cientistas parecer imaturos e irresponsáveis perante a autoridade moral da igreja.

Sociedade moderna?os ''brinquedos'' digitais da ciência ou a moral ancestral da igreja?

A sabedoria e a moralidade não são províncias exclusiva da religião. Muitas pessoas sábias e altamente morais não são religiosas.Os desafios que enfrentaremos ao longo deste século ,do aquecimento global á crise de energia,serão resolvidos nos templos da ciência e não nos belos templos religiosos.

O Meu ver sobre esse artigo é que o que ele tenta passar é a importância da matéria e da antimatéria no mundo, pois a antimáteria é a matéria hipotética inteiramente constituída por antipárticulas. E se chocar com a matéria seus raios gama destruíram tudo ao redor. O legal do autor de ter iniciado esse assunto com o filme é que basicamente esse filme especifico demonstra bastante a importância da antimatéria, com formas simples e empolgantes de se aprofundar sobre esse assunto. Também achei bem importante a crítica dele sobre a aura que colocam sobre a igreja,desmerecendo um pouco os conhecimentos científicos,para dar moral pós ser julgada como templo de Deus. Mas sem a ciência hoje em dia não seriamos nada.


* Esse texto foi postado pela aluna Carolina Benetti ,no dia 08/03 ás 22:26, Com base total no texto feito por Marcelo Gleiser cujo link em que se encontra o texto original é [http://marcelogleiser.blogspot.com/search/label/Big%20Bang] postado por ele num Domingo, 14 de Junho de 2009. *